Confira 5 dicas para ter mais qualidade de vida na terceira idade

Quem se chega à terceira idade, logo se percebe que o organismo não é mais o mesmo: não há como evitar debilidades funcionais causadas pela ação do tempo. Dificuldades relacionadas à visão e audição são alguns dos problemas mais recorrentes.
Mas a incidência dessas disfunções não implica necessariamente um processo de envelhecimento infeliz. É possível adaptar-se ao novo estilo de vida, alcançando a qualidade de vida na terceira idade em todos aspectos da existência humana: espiritual, físico, social e psíquico.

A fim de facilitar sua adaptação, reunimos algumas dicas simples, mas que podem fazer a diferença. A boa notícia é que a decisão de transformar a terceira idade na melhor idade da vida depende quase que exclusivamente de você. Confira:

1. Pratique exercícios físicos regularmente
A prática regular de exercícios físicos contribui em diversos fatores na vida do idoso. Da prevenção de doenças como hipertensão e osteoporose à melhora no humor e na auto-confiança, o esporte está diretamente relacionado à qualidade de vida na terceira idade.
Antes de começar, procure acompanhamento médico para entender quais seus limites – e buscar ultrapassá-los. Alguns exercícios específicos são aconselhados, como natação, hidroginástica, dança de salão, ciclismo e caminhada. Nada impede, no entanto, que você busque esportes radicais. Com algumas adaptações, são poucas as restrições.

2. Mantenha-se ocupado
Um dos grandes problemas na terceira idade, responsável pelo aumento dos casos de depressão, está relacionado ao ócio. Antes com uma rotina agitada e atribulada, que incluía trabalho, estudo e família, agora o idoso tem muito tempo livre e menos preocupações.
Buscar diferentes ocupações é fundamental para sentir-se útil e dar sentido à vida. Pode ser ensinando o que você aprendeu ao longo da vida, praticando algum esporte, descobrindo novas opções de lazer ou mesmo contribuindo para a sociedade, em projetos que ajudam as pessoas mais necessitadas.

3. Participe de atividades sociais
Os bingos são famosos na terceira idade, não em virtude da premiação ou do jogo em si, mas da convivência social obtida com a prática.
Para maior qualidade de vida na terceira idade, não hesite em procurar atividades sociais que estimulem a convivência, pois, além de diminuir uma possível solidão, essa atitude aumenta sua disposição e bem-estar social.

4. Atenção à alimentação
Manter uma dieta equilibrada e rica em nutrientes, sem abusar de alimentos hipercalóricos, é fundamental para controlar o peso e evitar a obesidade, que é fator de risco para um série de doenças. Para aumentar a qualidade de vida na terceira idade, prefira frutas e vegetais. Descubra novas receitas e experimente incluir mais variedades no cardápio.

5. Conviva mais com a família
Com mais tempo livre, que tal aproveitar os últimos anos de vida ao lado de quem você mais gosta? Conviver com os netos é uma das atividades preferidas dos idosos, pelo contato com a juventude e pela oportunidade de poder ensinar algo do que a vida ensinou.
Qualidade de vida na terceira idade depende da adaptação
Para alcançar a tão almejada qualidade de vida, também é preciso compreender as debilidades do organismo e buscar adaptações que as atenuem. Entre as mais comuns, estão o uso de óculos e de aparelhos auditivos. A medicina avançou e a expectativa de vida tem aumentado nos últimos anos. Usar a tecnologia a seu favor é uma das opções mais inteligentes – independentemente da idade.

 

Fonte: Vivo Mais Saudável