A autoestima na terceira idade

Sabemos que muitas vezes as pessoas acabam perdendo um pouco da autoestima na terceira idade. As dificuldades do dia a dia, o cansaço e a dependência costumam trazer este sintoma. Por isso preparamos algumas dicas para ajudar o idoso a sair deste quadro. Confira:
Como identificar a perda de autoestima na terceira idade?
O primeiro sintoma a ser observado é a baixa motivação, além de negatividade, pessimismo e indícios de depressão. Nestes casos faltam estrutura emocional, sobram sentimentos de inferioridade, onde não há vontade de enfrentar o dia e seus desafios. A pessoa desvaloriza a si mesma e concentra-se apenas em suas limitações.

Qual a importância da autoestima?
O apreço que uma pessoa sente por si mesma tem grande importância para a saúde, principalmente na terceira idade, onde os problemas como algumas limitações começam a surgir. Uma boa autoestima na terceira idade, por exemplo, não só facilita a vida, mas pode até retardar o processo de envelhecimento, das perdas fisiológicas e do status social.

Qual providência tomar ao identificar a baixa autoestima na terceira idade?
Comece com pequenos passos. Demonstre motivação e confiança. Faça pequenos planos e metas que ao serem cumpridos serão comemorados, vistos como vitórias. Introduza a prática de exercícios físicos, esta opção é apontada como uma ação eficaz para a manutenção de uma autoestima positiva na terceira idade. E nunca deixe de incentivar o idoso.

 

Fonte: BigRoger

Na mídia